---
Como encontrar o crédito automóvel mais barato?
Está à procura do crédito automóvel mais barato do mercado? Siga estas 9 dicas e encontre o crédito ideal para as suas necessidades.
Está à procura do crédito automóvel mais barato do mercado? Siga estas 9 dicas e encontre o crédito ideal para as suas necessidades.

Se pensa em comprar carro, há vários aspetos que deve considerar antes mesmo de começar à procura da solução mais barata. Deve, desde logo, tentar entender qual o peso que esta despesa poderá assumir no seu orçamento familiar e, apenas a partir daí, entender qual o carro que poderá, de facto, comprar (pensando que não terá apenas os custos do crédito, mas também da manutenção).

 

Dito isto e escolhido o automóvel, está na hora de encontrar o financiamento mais económico para adquirir o mesmo.

 

1. Considere todas as modalidades de financiamento possíveis

Antes de iniciar a procura pelo crédito automóvel mais barato, analise se não existe outro modo de financiamento mais vantajoso para a sua situação em particular. Por norma, o crédito automóvel é a opção mais utilizada, contudo, cada caso é um caso e, por isso, deve sempre ponderar as outras modalidades. Pode, por exemplo, fazer um crédito pessoal, já que com este não precisa de dar qualquer tipo de satisfação à instituição bancária sobre a finalidade do crédito, pode também fazer um Leasing ou um Aluguer de Longa Duração.

 

2. Faça várias simulações

Após decidir qual a modalidade que mais lhe interessa, faça tantas simulações quanto possível. Ao fazer este exercício vai começar a entender a fundo qual a oferta que existe no mercado e ficará mais apto a fazer negociações e a fazer a sua escolha final, uma vez que já tem uma melhor perceção dos créditos automóveis que existem. Ao fazer as várias simulações esteja atento a variáveis chave, que o irão ajudar a tomar uma decisão. Exemplos de variáveis às quais deve prestar atenção são por exemplo: o prazo de pagamento, o montante do empréstimo, o valor da prestação mensal, o tipo de taxa (fixa, variável ou mista), a TAE, a TAN, se são necessários fiadores para a concessão do empréstimo e se é necessária a subscrição de outros serviços, como seguros ou outros.

 

3. Analise o prazo de pagamento

O prazo durante o qual terá de pagar o seu empréstimo é um fator fundamental para que entenda se está, de facto, perante um crédito barato ou caro. Quanto mais tempo estiver a pagar o crédito, maior será o valor total a pagar. Assim sendo, deve considerar que a vida não é estática, podem ocorrer alterações, e a responsabilidade que aceitará sobre o crédito terá de ser cumprida, independentemente da situação financeira em que se encontre.

 

4. Considere dar uma entrada inicial

Caso tenha possibilidades de avançar com um valor de entrada considerável, poderá conseguir reduzir significativamente o prazo de pagamento do seu crédito automóvel e até a taxa de juro. Por isso, se esta opção estiver dentro das suas possibilidades, considere-a, pois pode reduzir bastante os seus encargos com o crédito.

 

5. Verifique a taxa de juro praticada

Sempre que estiver a analisar determinado crédito automóvel, olhe com muita atenção para a taxa de juro, já que ela é o custo do crédito. Tenha em consideração que uma diferença de apenas 1% pode significar uma grande poupança no montante final do financiamento. Como nem todos os bancos praticam as mesmas taxas de juro, é essencial que analise cuidadosamente as diferentes ofertas para encontrar a solução mais barata.

 

6. Peça um empréstimo igual ao valor do automóvel

Quando escolher o carro que melhor se ajusta às suas necessidades, peça um crédito automóvel em conformidade com o mesmo. Lembre-se que um automóvel também implica custos de manutenção, entre outros, por isso se tiver dúvidas de que consegue pagar esse automóvel, talvez não deva arriscar, já que surgem sempre outros custos associados que o podem apanhar de surpresa. Assim, antes de pedir o empréstimo, verifique qual o valor do carro que pretende comprar e peça somente esse valor, nem mais nem menos.

 

7. Confira as condições obrigatórias do crédito

É muito importante que veja com atenção quais são as condições extra do crédito que está a analisar. Isto é, verificar se existem exigências relativamente à subscrição de seguros ou outros e perceber se os mesmos valem a pena ou não.

 

8. Negoceie

Nunca tenha vergonha de negociar. É um erro! As propostas podem sempre ser negociadas e acredite que pode fazer uma grande diferença. O que para uma instituição financeira são meia dúzia de tostões pode significar uma grande folga no seu orçamento mensal, por isso não desista de negociar para conseguir um crédito automóvel mais em conta.

 

9. Analise as várias hipóteses para descer o valor do crédito

Quando estiver a fazer a sua análise aos vários créditos automóveis, pense que tem algumas hipóteses que pode tentar colocar em prática de modo a baixar o valor do seu crédito. Por exemplo, pode pedir um alargamento do prazo do pagamento e conseguir uma prestação mais baixa, pode escolher a possibilidade de reserva de propriedade (hipoteca do carro caso tenha incumprimentos nos pagamentos) e, por último, pode também amortizar o crédito antecipadamente (muitas vezes sem penalizações).

 

Seja qual for o tipo de crédito que procura, é importante ter ao seu lado o parceiro certo para encontrar a opção mais barata para a sua situação específica. Na AMCO Crédito encontramos uma solução económica feita à sua medida. Confie na nossa experiência e deixe-nos ajudá-lo a encontrar o melhor crédito automóvel de um modo simples e rápido.

Quero receber uma simulação

*Erro ao submeter o pedido, por favor, tente mais tarde!

Subscreva a nossa newsletter